Rodovias federais goianas ganham reforço policial

Rodovias federais goianas ganham reforço policial 1

A PRF – Polícia Rodoviária Federal, deverá receber a partir desta semana 54 novos policiais rodoviários que irão garantir reforço nos trabalhos de fiscalização nas Rodovias Federais que cortam o Estado de Goiás.
Segundo informações do Núcleo de Comunicação da Instituição, o grupo foi formado na academia da PRF em Santa Catarina e o agentes estão aptos para a atuar nas rodovias federais de todo o país.
Os novos policiais que chegam a Goiás, vão trabalhar nas delegacias de Porangatu, Rio Verde e Jataí.

Ainda segundo informações do Núcleo de Comunicação da PRF, os novos policiais concorreram com quase 130 mil pessoas e cada vaga foi disputada por 630 candidatos.
Para se formar, o grupo passaou por três meses de preparação, recebeu instruções de tiro, condução de viatura, direitos humanos, abordagens, fiscalização de trânsito, atendimento de acidentes, salvamento, técnicas de defesa pessoal, identificação veicular, narcotráfico, dentre outras.

Antes de decidirem pela profissão de policiais rodoviários federais, fizeram escolhas por outras formações: são 18 engenheiros, 11 bacharéis em direito, 5 administradores entre outras graduações. Naturais de Goiás são 15, os demais vieram de outras regiões do país, sendo 13 do Distrito Federal e 11 de Minas Gerais. Mas recebemos ainda novos colegas vindos da Bahia, Paraná, Pernambuco, Maranhão, Mato Grosso do Sul.

A maioria está no início da juventude: 39 pessoas na faixa etária entre 20 e 30 anos; 14 estão na faixa dos 30 aos 40 e 01 já mais experiente, com mais de 40 anos.
Os solteiros são maioria: 38; e 16 são casados. E desse seleto grupo, três são mulheres.